Miguel e sua luta contra o câncer infantojuvenil

Compartilhe:

Dia 15 de fevereiro é o Dia Internacional da Luta Contra o Câncer Infantil, a doença que atinge mais de 12 mil crianças por ano. Miguel Alvez Vaz de apenas dois anos de idade passou a fazer parte desta estatística da doença quando foi diagnosticado com Leucemia LLA tipo B no final de 2017.

Tudo começou quando os pais de Miguel, Rosiane Santos e Hugo Alves percebeu em seu filho alguns sintomas diferentes como infecções repetitivas, febre, falta de apetite, caroço no pescoço e outros sinais. Depois de realizar diversos e exames e passar por alguns médicos para descobrir o que o filho tinha, no dia 14 de novembro de 2017 eles receberam a notícia do diagnóstico. O filho de apenas dois anos de vida passaria por um tratamento difícil contra o câncer.

Com o diagnostico em mãos e os sintomas que não passavam Miguel deu entrada no Hospital do Câncer em Uberlândia e ficou internado por 46 dias. “Hoje, depois de 3 meses em tratamento nós como pais nos sentimos mais confiantes, depois que conhecemos o atendimento que oferecem no Hospital e o carinho por parte dos colaboradores e voluntários descobrimos que temos ainda mais forças para continuar lutando e acompanhando nosso filho”, explica Rosiane.

A data serve para conscientizar e informar a todos os pais da importância de observar todos os sinais diferentes que os filhos apresentam, desde uma simples mancha, caroço, dores no corpo, entre outros sintomas. Além de esclarecer a importância de realizar o diagnóstico precoce, pois a possibilidade de cura aumenta 60% quando descoberto a doença em estágio inicial. Confira o vídeo e saiba mais sobre os sintomas da doença:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *