Leo Chaves faz doação de mais de R$ 200 mil e visita Unidade 2 do Hospital do Câncer em Uberlândia

Compartilhe:

O músico entregou o cheque referente ao seu show beneficente Amigos do Futuro com parte da renda revertida para a instituição de saúde

 Na tarde desta quarta-feira (20), o músico Leo Chaves visitou a Unidade 2 do Hospital do Câncer em Uberlândia para fazer a entrega do cheque de R$ 214.037,92 para o Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital. A doação é referente à terceira edição do show beneficente “Amigos do Futuro”, que novamente teve renda revertida para o Instituto Hortense, instituição criada pelo cantor, e também para o Hospital do Câncer em Uberlândia.

            Além de fazer a entrega do cheque, Leo Chaves aproveitou para conhecer as instalações do Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos, 1ª etapa da Unidade 2 do Hospital, e local no qual foi direcionada a sua contribuição. A diretoria e funcionários do Grupo Luta Pela Vida apresentaram as estruturas do espaço que foi construído especialmente para acolher os pacientes em cuidados paliativos e que agora necessita de doações para ser equipado e mobiliado para entrar em funcionamento. O músico ficou impressionado com a estrutura de 3.000 m², que conta 42 leitos, além de salas de TV, jogos, academia e estrutura de apoio com salas para fisioterapia, psicologia, serviço social e enfermagem.

            Leo Chaves ainda recebeu uma homenagem especial por ter apoiado desde o início o projeto do Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos. Em 2016, o músico colocou o primeiro tijolo da obra com a ajuda do paciente em cuidados paliativos Mário Mascarenhas. O tijolo então foi deixado aparente na construção do prédio, recebendo uma placa para demarcar sua importância. Além disso, o local receberá a assinatura do músico, juntamente com o nome do paciente Mário Mascarenhas. O músico ficou impressionado com a surpresa e se emocionou com o significado da homenagem.

Leo Chaves ainda deixou mais uma marca no Centro de Cuidados Paliativos. O cantor foi convidado para plantar uma muda de mexerica, que vai compor o local e ainda dar frutos para pacientes e acompanhantes. Leo acredita que sua ação possa inspirar a sociedade e empresários a ajudar a causa. “Todo o trabalho realizado pelo Hospital do Câncer é muito importante e muito bonito. Minha intenção é realmente estimular e influenciar outras pessoas para que colaborem com o Hospital. É importante incentivar a consciência social de que o país precisa de investir em filantropia e no terceiro setor, em ajudar o próximo”, afirma Leo.

Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, ressalta a importância do gesto do cantor Leo Chaves. “Ter o Leo Chaves como nosso parceiro e apoiador é motivo de muita alegria para nós, pois mostra a seriedade de nosso trabalho e cria a possibilidade que um público cada vez maior possa conhecer e apoiar nossa causa. O gesto de solidariedade do Leo Chaves é um exemplo a ser seguido e possibilita que nossas ações de melhoria em prol dos pacientes com câncer possam acontecer”, conclui.

Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, contou mais para Leo Chaves sobre as obras de desafios da instituição na luta contra o câncer
Leo Chaves visitou os três pavimentos do Centro de Cuidados Paliativos
Equipe do Instituto Hortense e do Grupo Luta Pela Vida/Hospital do Câncer reunidos em torno da placa de homenagem ao músico Leo Chaves
O primeiro tijolo da obra, colocado por Leo Chaves e pelo paciente Mário Mascarenhas ganhou destaque no prédio
Leo Chaves fez uma assinatura especial para ser colocada ao lado o primeiro tijolo da obra
Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, Leo Chaves e Fernanda Mattner, do Instituto Hortense

Leo Chaves ainda plantou uma muda de mexerica no Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *