Hospital do Câncer

O Hospital do Câncer em Uberlândia (HCa) vem sendo construído exclusivamente com recursos arrecadados junto ao empresariado e à comunidade através do Grupo Luta pela Vida (GLPV), única ONG responsável pela construção e manutenção do hospital.

O Grupo ainda conta com a parceria da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a Fundação de Assistência Estudo e Pesquisa de Uberlândia (FAEPU). O atendimento de qualidade, 100% através do Sistema Único de Saúde (SUS) transformou o HCa numa referência cerca de 86 cidades e anualmente aumenta o número de atendimentos.

O prédio do Hospital do Câncer em Uberlândia possui cinco pavimentos e até o ano passado eram ocupados apenas os dois primeiros pisos: o 1º andar com a internação de adultos e o térreo com uma estrutura ambulatorial para tratamento de quimio e radioterapia. Em 2008, antes mesmo da conclusão dos pisos superiores, foi necessário aumentar o número de consultórios e a área de atendimento localizada no térreo. A obra também incluiu um corredor de ligação com o Hospital de Clínicas (HC/UFU) que melhorou a logística dos suprimentos e pessoas que transitam no complexo hospitalar. Essa ligação permitiu ainda acolher, temporariamente, no 3º andar, o setor de pediatria do HC, cuja área original passa por reformas. Os demais andares estão semiacabados. A continuação das obras depende da ajuda da própria comunidade.

Você pode ajudar clicando aqui.

Histórico

Criado em 1995, o GLPV nasceu com o objetivo de construir, manter e conservar um hospital para o tratamento de câncer de pessoas de Uberlândia e região. Em 1998, o Hospital do Câncer em Uberlândia começou a ser construído em um terreno doado pela Universidade Federal de Uberlandia no campus Umuarama, anexo ao Hospital de Clínicas (HC). No dia 8 de abril de 2000, foi inaugurado o 1º piso, que abriga os serviços de quimioterapia e radioterapia para tratamento e atendimento ambulatorial, além das suas respectivas estruturas de apoio e administrativas.

A ala de internação para adultos do HCa no fim de 2004, no segundo piso do prédio, e hoje funcionam 24 leitos. Esta ala conta com corredores amplos e arejados, portas largas, iluminação natural, pintura alegre, banheiros tecnicamente adequados, luz de leitura, camas elétricas, televisões e conforto para o acompanhante. A internação também dispõe de recepção exclusiva, sala de espera, capela, posto de enfermagem, rouparia, sala de procedimentos para punção lombar, sala de prescrição médica, repouso médico e de enfermagem.

O terceiro piso também possui quartos com as mesmas características de conforto que o segundo e, desde 2008, é usado pela enfermaria pediátrica geral do HC, cuja área original está sofrendo reformas. Neste piso, já funcionava a Brinquedoteca “Brincar é Viver”, área de entretenimento infantil, que foi inaugurada em outubro de 2003, graças ao patrocínio da empresa Refrigerantes do Triângulo.

O quarto piso, já em fase de acabamento, será ocupado por leitos de internações cirúrgicas e de transplantes de medula. O quinto piso será destinadoao centro cirúrgico e à unidade de terapia intensiva. Também está prevista a construção dos laboratórios de hematologia, patologia e biologia molecular. Tudo isso depende não só da arrecadação de recursos junto à comunidade, mas da contratação das equipes necessárias para colocar a estrutura em funcionamento.

Antes mesmo da conclusão dos pisos superiores, o GLPV investiu cerca R$ 1,2 milhões para a ampliação da área de atendimento e consultórios do primeiro piso, assim como a criação de uma nova recepção que dispõe de cobertura para proteger os pacientes que desembarcam. Inaugurada em 2008, a nova área possui um amplo saguão onde foram instaladas mais uma capela, a loja do Hospital do Câncer e uma moderna estrutura para o atendimento pessoal do paciente e seu acompanhante. Pelo saguão é possível acessar outra secretaria que possui espera climatizada e acolhedores guichês onde é organizado o atendimento, não só dos 13 consultórios recém-construídos (incluindo o da enfermagem dos Cuidados Paliativos), mas dos 10 que existiam anteriormente, sendo um odontológico. No térreo, também estão localizadas: quatro salas de radioterapia (acelerador linear, cobaltoterapia, HDR e raio-X convencional); três alas de quimioterapia sendo uma infantil; salas de espera, coleta de sangue, curativos, confecção de máscaras e blocos; exame ginecológico ou de cabeça e pescoço. Este piso abriga ainda salas de reunião e de aula, estar e copa de funcionários, além dos setores de faturamento, arquivo médico, registro hospitalar e serviço social.

A mais recente melhoria do HCa foi a nova sala de macas climatizada, inaugurada em setembro de 2009. A obra foi toda feita com recursos das doações conseguidas pelo Grupo Luta Pela Vida e recebe até oito pacientes que aguardam atendimento, todos com seus respectivos acompanhantes. O novo espaço também tem um aceso exclusivo para ambulâncias, nova sala para tratamento de lesões de pele, readequação da espera de curativos da Cobaltoterapia, agora climatizada e banheiros com acessibilidade.

A história do Hospital do Câncer é construída diariamente com o trabalho de todos os colaboradores e voluntários.

  • Grupo Luta Pela Vida

    0800-34-2062
    site@hospitaldocancer.org.br

  • Hospital do Câncer em Uberlândia

    Av. Amazonas, 1996
    Bairro Umuarama
    (34) 3291-6100