Hospital do Câncer em Uberlândia forma mais um residente em Cancerologia

Compartilhe:

Além de proporcionar o tratamento gratuito e de qualidade, o Hospital do Câncer em Uberlândia também possui outro importante papel: a de formar profissionais qualificados e capacitados em cancerologia. No último dia 21 Amanda Souza Teles conclui sua residência na instituição. Com o trabalho de conclusão de residência em Câncer de Mama Triplo Negativo, Amanda, agora, fará parte do quadro clínico da instituição e espera continuar ajudando os pacientes que estão passando por essa luta. Seu desejo é o de continuar aprimorando os conhecimentos na área. “Escolhi medicina por ser uma profissão muito gratificante, por poder ajudar as pessoas. Eu acredito que a cancerologia é uma especialidade em franco avanço. Sempre tive interesse pela sólida relação médico-paciente, pela descoberta de novos tratamentos e pelos desafios diários”, explica.

Sobre o tema escolhido para desenvolver sua conclusão na residência, a cancerologista lembra casos que a motivaram a aprofundar os estudos em busca de poder fazer ainda mais diferença na vida de muitas pessoas. “Tive pacientes jovens com esse tipo de tumor que me marcaram durante a residência. É uma doença que pode ser muito agressiva e ainda necessita de melhorias no tratamento”, ressalta.

Ao longo dos três anos de estudo e dedicação, a recém-formada ressalta que leva da experiência o que de mais importante a área pôde lhe oferecer. “A cancerologia me acrescentou muito, como pessoa e como médica. Aprendi que posso ajudar de formas diferentes: ofertar cura quando isso é possível, assim como aliviar o sofrimento daqueles que não podem mais ser curados”, conta.

Além disso, gratidão, em seu discurso, foi uma palavra recorrente para descrever o tempo em que esteve no Hospital em plena formação. “Quero agradecer primeiramente a minha família pelo apoio incondicional e também a toda equipe de profissionais do Hospital do Câncer que me acolheu com tanto carinho. Aos meus colegas de profissão, agradeço por todo o conhecimento compartilhado e aos meus pacientes pela confiança e pelo aprendizado com suas jornadas”, finaliza Amanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *