Notícias

Hospital do Câncer forma mais um residente em cancerologia

Além de proporcionar o tratamento gratuito e de qualidade, o Hospital do Câncer em Uberlândia também possui outro importante papel: a de formar profissionais qualificados e capacitados em cancerologia. No último dia 28 foi de comemoração no Hospital do Câncer, com a formatura do residente Cristiano Menezes Fernandes.

A solenidade foi marcada pela apresentação da monografia de conclusão, descerramento da placa comemorativa e uma confraternização entre o formando, seus familiares e a equipe médica. Os preceptores, responsáveis pela condução dos trabalhos durante a residência, e o coordenador formalizaram a aprovação e a médica, que recebeu o título de cancerologista.

Cristiano deixa o Hospital do Câncer ao final da sua residência com uma bagagem muito maior do que a que entrou e mais qualificado para levar alívio aos enfermos. Aprendi a entender e respeitar mais a dor e a angústia do próximo, bem como me tornei um profissional mais atencioso e amoroso com os pacientes”, ressalta.

O Hospital do Câncer e Grupo Luta Pela Vida parabenizam o Dr. Cristiano Menezes Fernandes e deseja sucesso em sua carreira e que continue lutando pela vida dos pacientes com muito amor e dedicação.

Voluntários do Grupo Luta Pela Vida realizam bazar em prol do Hospital do Câncer

Roupas, calçados e acessórios usados, porém de boa qualidade e em conta. É isso que a sociedade poderá encontrar no bazar, organizado pelos voluntários do Grupo Luta Pela Vida, ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia, na próxim terça-feira, dia 12 de março. A ação será realizada das 8h às 16h, no estacionamento do Hospital, localizado na Rua Professor José Inácio de Souza, 3.267, no bairro Umuarama.

            As peças estão em boas condições e serão vendidas abaixo dos preços praticados pelo comércio convencional, com o objetivo de arrecadar recursos para o Hospital do Câncer. Os artigos são distribuídos em as araras, com peças a partir de R$2,00, e em bancas, com peças a partir de R$1,00. Para facilitar as vendas, os clientes têm a opção de pagar em dinheiro ou cartão de débito ou crédito.

A secretária do Núcleo de Voluntários, Fernanda Cristina Freitas afirma que a contribuição da população e da imprensa tem sido muito importante. “O bazar só é realizado porque a sociedade colabora doando roupas, calçados, acessórios em boas condições de uso e também porque a adesão para a aquisição é positiva. Tem edição que vendemos mais, outras menos e a imprensa tem ajudado. Quando noticiam, sentimos diferença no volume de vendas e isso é muito bom para os que precisam dos serviços do Hospital do Câncer”, explica.

Serviço
Data: 12/03 (terça-feira)
Horário: 8h às 16h
Local: Rua Professor José Inácio de Souza, 3267, bairro Umuarama
Formas de pagamento: dinheiro ou cartão (débito e crédito)

Alunos da Escola Adventista arrecadam 500 litros de leite para o Hospital do Câncer

Os alunos do Escola Adventista mostraram que são nota dez na matéria solidariedade ao realizarem uma campanha solidária para arrecadar leites para o Hospital do Câncer em Uberlândia.

Ao todo foram doados mais de 500 litros de leite e entregues no dia 28 de fevereiro no setor de doações da instituição de saúde. Na ocasião um grupo de alunos foram realizar a entrega e aproveitaram para conhecer de perto as instalações do Hospital.

O Grupo Luta Pela Vida e Hospital do Câncer agradecem o gesto solidário dos alunos da Escola Adventista.

Hospital do Câncer em Uberlândia forma mais um residente em Cancerologia

Além de proporcionar o tratamento gratuito e de qualidade, o Hospital do Câncer em Uberlândia também possui outro importante papel: a de formar profissionais qualificados e capacitados em cancerologia. No último dia 21 Amanda Souza Teles conclui sua residência na instituição. Com o trabalho de conclusão de residência em Câncer de Mama Triplo Negativo, Amanda, agora, fará parte do quadro clínico da instituição e espera continuar ajudando os pacientes que estão passando por essa luta. Seu desejo é o de continuar aprimorando os conhecimentos na área. “Escolhi medicina por ser uma profissão muito gratificante, por poder ajudar as pessoas. Eu acredito que a cancerologia é uma especialidade em franco avanço. Sempre tive interesse pela sólida relação médico-paciente, pela descoberta de novos tratamentos e pelos desafios diários”, explica.

Sobre o tema escolhido para desenvolver sua conclusão na residência, a cancerologista lembra casos que a motivaram a aprofundar os estudos em busca de poder fazer ainda mais diferença na vida de muitas pessoas. “Tive pacientes jovens com esse tipo de tumor que me marcaram durante a residência. É uma doença que pode ser muito agressiva e ainda necessita de melhorias no tratamento”, ressalta.

Ao longo dos três anos de estudo e dedicação, a recém-formada ressalta que leva da experiência o que de mais importante a área pôde lhe oferecer. “A cancerologia me acrescentou muito, como pessoa e como médica. Aprendi que posso ajudar de formas diferentes: ofertar cura quando isso é possível, assim como aliviar o sofrimento daqueles que não podem mais ser curados”, conta.

Além disso, gratidão, em seu discurso, foi uma palavra recorrente para descrever o tempo em que esteve no Hospital em plena formação. “Quero agradecer primeiramente a minha família pelo apoio incondicional e também a toda equipe de profissionais do Hospital do Câncer que me acolheu com tanto carinho. Aos meus colegas de profissão, agradeço por todo o conhecimento compartilhado e aos meus pacientes pela confiança e pelo aprendizado com suas jornadas”, finaliza Amanda.

Organizadores e apoiadores de show beneficente de Rio Negro e Solimões visitam o Hospital do Câncer

A manhã da última quarta-feira (20) foi de visita no Hospital do Câncer. Os organizadores e apoiadores do show beneficente de Rio Negro e Solimões, com renda revertida para o Hospital, visitaram a instituição de saúde e conheceram também as obras de ampliação. Estiveram presentes José Humberto da JR Rodeios e Eduardo Moraes, da Eduardo Moraes Produções, organizadores do show, além dos apoiadores do evento, com presença da equipe de Jornalismo e Programação da Tv Integração e da Rádio Cultura e cobertura do Diário de Uberlândia.

            O diretores e funcionários do Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital do Câncer e responsável pela captação da recursos para a instituição de saúde, apresentaram as instalações do prédio. Os visitantes puderam conhecer toda a estrutura de atendimento e os principais equipamentos do Hospital do Câncer, que hoje atende mais de 8.500 pacientes, vindos de Uberlândia e mais de 80 cidades da região. Além disso, eles também puderam conhecer a estrutura física finalizada do Centro Cirúrgico e do Centro de Transplante de Medula Óssea, que agora aguardam doações para a compra de equipamentos e mobiliários para entrar em funcionamento.

            Para Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, tanto a promoção do show beneficente de Rio Negro e Solimões, quanto a visita dos organizadores e apoiadores são muito significativas para a instituição e para a causa. “Para nós é uma grande alegria poder saber da iniciativa e dos apoios para a realização desse show. Isso demostra como a sociedade e os empresários estão conosco na luta contra o câncer e sabem da seriedade de nosso trabalho. A realização do show é uma ótima oportunidade para que mais pessoas possam contribuir com a nossa causa”, afirma Renato

Show de Rio Negro e Solimões

            O show beneficente de Rio Negro e Solimões, com renda totalmente revertida para ajudar o Hospital do Câncer em Uberlândia acontece no dia 23 de março, na Capela da Saudade, em Uberlândia. A realização do evento conta com o apoio da Tv Integração e da Rádio Cultura FM. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site Bilheteria Digital ou nos pontos de venda do Pão de Batata (Center Shopping), Rede Super Maxi e Silva Sports (Pratic Shopping Terminal Central).  

Os organizadores e apoiadores do show puderam conhecer a estrutura do Centro Cirúrgico e do Centro de Transplante de Medula Óssea do Hospital do Câncer

Leo Chaves faz doação de mais de R$ 200 mil e visita Unidade 2 do Hospital do Câncer em Uberlândia

O músico entregou o cheque referente ao seu show beneficente Amigos do Futuro com parte da renda revertida para a instituição de saúde

 Na tarde desta quarta-feira (20), o músico Leo Chaves visitou a Unidade 2 do Hospital do Câncer em Uberlândia para fazer a entrega do cheque de R$ 214.037,92 para o Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital. A doação é referente à terceira edição do show beneficente “Amigos do Futuro”, que novamente teve renda revertida para o Instituto Hortense, instituição criada pelo cantor, e também para o Hospital do Câncer em Uberlândia.

            Além de fazer a entrega do cheque, Leo Chaves aproveitou para conhecer as instalações do Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos, 1ª etapa da Unidade 2 do Hospital, e local no qual foi direcionada a sua contribuição. A diretoria e funcionários do Grupo Luta Pela Vida apresentaram as estruturas do espaço que foi construído especialmente para acolher os pacientes em cuidados paliativos e que agora necessita de doações para ser equipado e mobiliado para entrar em funcionamento. O músico ficou impressionado com a estrutura de 3.000 m², que conta 42 leitos, além de salas de TV, jogos, academia e estrutura de apoio com salas para fisioterapia, psicologia, serviço social e enfermagem.

            Leo Chaves ainda recebeu uma homenagem especial por ter apoiado desde o início o projeto do Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos. Em 2016, o músico colocou o primeiro tijolo da obra com a ajuda do paciente em cuidados paliativos Mário Mascarenhas. O tijolo então foi deixado aparente na construção do prédio, recebendo uma placa para demarcar sua importância. Além disso, o local receberá a assinatura do músico, juntamente com o nome do paciente Mário Mascarenhas. O músico ficou impressionado com a surpresa e se emocionou com o significado da homenagem.

Leo Chaves ainda deixou mais uma marca no Centro de Cuidados Paliativos. O cantor foi convidado para plantar uma muda de mexerica, que vai compor o local e ainda dar frutos para pacientes e acompanhantes. Leo acredita que sua ação possa inspirar a sociedade e empresários a ajudar a causa. “Todo o trabalho realizado pelo Hospital do Câncer é muito importante e muito bonito. Minha intenção é realmente estimular e influenciar outras pessoas para que colaborem com o Hospital. É importante incentivar a consciência social de que o país precisa de investir em filantropia e no terceiro setor, em ajudar o próximo”, afirma Leo.

Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, ressalta a importância do gesto do cantor Leo Chaves. “Ter o Leo Chaves como nosso parceiro e apoiador é motivo de muita alegria para nós, pois mostra a seriedade de nosso trabalho e cria a possibilidade que um público cada vez maior possa conhecer e apoiar nossa causa. O gesto de solidariedade do Leo Chaves é um exemplo a ser seguido e possibilita que nossas ações de melhoria em prol dos pacientes com câncer possam acontecer”, conclui.

Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, contou mais para Leo Chaves sobre as obras de desafios da instituição na luta contra o câncer
Leo Chaves visitou os três pavimentos do Centro de Cuidados Paliativos
Equipe do Instituto Hortense e do Grupo Luta Pela Vida/Hospital do Câncer reunidos em torno da placa de homenagem ao músico Leo Chaves
O primeiro tijolo da obra, colocado por Leo Chaves e pelo paciente Mário Mascarenhas ganhou destaque no prédio
Leo Chaves fez uma assinatura especial para ser colocada ao lado o primeiro tijolo da obra
Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, Leo Chaves e Fernanda Mattner, do Instituto Hortense

Leo Chaves ainda plantou uma muda de mexerica no Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos

Grupo Luta Pela Vida lança campanha “Folia Pela Vida” com dicas de prevenção no Carnaval

Carnaval é época de festa, mas ela também pode combinar com prevenção e saúde. Esse é principal recado que a campanha “Folia Pela Vida”, realizada pelo Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia, quer passar. A intenção é passar dicas de prevenção, contra doenças sexualmente transmissíveis (DST), além de alertar sobre o câncer de colo de útero e de pele.  

            A segunda edição da campanha conta com a marchinha “Folia Pela Vida”, composta pelo sambista e compositor Gilmar Batista, que traz no ritmo do samba várias dicas para os foliões. A marchinha será veiculada em TVs e também serão feitas postagens e conteúdos com dicas sobre hidratação, exposição ao sol, uso da camisinha, entre outros.

            Segundo a analista de comunicação do Grupo Luta Pela Vida/Hospital do Câncer em Uberlândia, Carolina Tomaz, a ação foi pensada para atingir o público que vai curtir a folia. “Queremos levar a mensagem para os foliões de que é possível aproveitar o carnaval com mais saúde, sem deixar de curtir a festa. A ideia foi entrar no ritmo do Carnaval e falar sobre a importância do uso da camisinha, uso do protetor solar e dos cuidados com a alimentação e da hidratação”, ressalta.

Alerta contra o câncer

Além de incentivar os foliões a ter uma boa alimentação e hidratação, a campanha também chama atenção para dois tipos de câncer: o de colo de útero e de pele. O uso da camisinha ajuda a prevenir contra o HPV (Papiloma vírus humano), um dos principais fatores de risco para o surgimento do câncer de colo do útero. Esse tipo de câncer é o 3º tumor maligno mais frequente na população feminina e a 4ª causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Segundo dados do INCA – Instituto Nacional do Câncer, no ano passado, estimativas indicavam mais 16.370 novos casos no país.

Já o uso do protetor solar, além de óculos escuros e chapéus são excelentes formas de se prevenir contra o câncer de pele, que de acordo com INCA, 30% de todos os tumores malignos do Brasil correspondem a esse tipo de tumor, em especial o câncer de pele não melanoma. Para o biênio 2018/2019, a estimativa é que o número de câncer de pele não melanoma seja de 165.580 mil novos casos. Como a exposição ao sol é o principal causador desse tipo de tumor, a dica é não descuidar da proteção também no carnaval.  

Novas empresas aderem ao Programa Empresa Amiga da Cura no mês de janeiro

No último mês de janeiro o Hospital do Câncer recebeu novas empresas na luta contra o câncer, através do programa Empresa Amiga da Cura, que são empresas da cidade de Uberlândia e região que contribuem com a causa, sendo classificadas em diferentes categorias. Assim além de colaborar na luta contra o câncer, o Programa proporciona também às empresas valor solidário agregado à marca. É a responsabilidade social transformada em solidariedade.

Confira as últimas empresas a aderirem ao programa. Você, empresário, que deseja fazer parte do projeto, acesse: http://bit.ly/EmpresaAmigadaCura.

Puro Doar realiza 1º bazar do ano em prol do Hospital do Câncer em Uberlândia

Mais um ano que se inicia com o Puro Doar apoiando o Hospital do Câncer em Uberlândia. E prova disso é a realização do 1º bazar do ano em prol da instituição de saúde. O evento acontece na próxima quarta-feira, 6 de fevereiro, das 11h às 17h na Rua Machado de Assis, 855.

Entre os diversos itens à venda estão roupas, sapatos e acessórios com preços acessíveis, com peças a partir de R$5,00. São peças em bom estado de conservação que foram adquiridas por meio de doação, com um único propósito, ajudar a instituição de saúde.

Para Rosânia Fátima de Assis, uma das fundadoras do grupo, gratidão é a palavra certa pra descrever o sentimento de doar a quem necessita. “Algumas de nós já tivemos parentes próximos que passaram por tratamento no Hospital do Câncer.  Então, sabemos o quanto a ajuda é importante. É um trabalho de formiguinha, mas acreditamos que ao longo do ano o hospital conquista muitas coisas com a nossa ajuda”, ressalta ela.

Puro Doar

O grupo Puro Doar foi criado há quatro anos por cinco mulheres com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar o Hospital. Atualmente, o grupo é composto por 15 pessoas e ainda conta apoio de várias outras. “Realizamos de um a dois bazares por mês e toda renda é destinada para o Hospital do Câncer”, finaliza Rosânia.

Serviço:

Bazar Puro Doar – Em prol do Hospital do Câncer, em Uberlândia

Data: 06/02 (Quarta-feira)

Horário: Das 11h às 17h

Local: Rua Machado de Assis, 855.

Instituto Ronald McDonald entrega cheque de quase R$ 40 mil ao Hospital do Câncer em Uberlândia

Parceria entre o Instituto Ronald McDonald, Icatu Seguros, Supermercado D’Ville e Felicíssimo Corretora beneficiará crianças e adolescentes com câncer na região

Para dar continuidade ao projeto de Ampliação e Reforma da Quimioterapia Pediátrica do Hospital do Câncer em Uberlândia, em Minas Gerais, que prevê atender cerca de 60 crianças e adolescentes por ano, o Instituto Ronald McDonald entrega nesta quarta-feira, dia 30, às 9h, o cheque simbólico no valor de R$ 37.344,19 à unidade hospitalar. O valor é o resultado da campanha “Troco Premiado”, promovida localmente em parceria com a Icatu Seguros, o Supermercado D’Ville e a Felicíssimo Corretora.

A arrecadação foi realizada em 2017 nas unidades do Supermercado D’Ville. O Troco Premiado é um título de capitalização da Icatu Seguros, que pode ser adquirido pelos clientes do Supermercado D’Ville com troco de R$ 0,01 a R$ 9,99. Os clientes que adquirem o Troco Premiado concorrem a um sorteio pela Loteria Federal de 5.025 vezes o valor pago. Outro incentivo para o cliente é que metade do valor arrecadado com a iniciativa é doada à causa da oncologia pediátrica.

O superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, destaca que o Troco Premiado é uma das principais fontes de recursos da organização que, há 19 anos, oferece apoio para crianças e adolescentes em tratamento oncológico no país e suas famílias:

“O Troco Premiado é um sucesso há mais de 10 anos, permitindo a integração de parceiros que querem mudar a realidade do câncer infantojuvenil no país e o público que faz as doações. São inúmeros projetos de alta relevância para a cura de jovens acometidos pela doença. A nova quimioterapia pediátrica do Hospital do Câncer em Uberlândia será um destes projetos, possibilitando infraestrutura para um tratamento mais humanizado”, explica.

Para Renato Pereira, presidente do Grupo Luta Pela Vida, ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia e parceira do Instituto Ronald McDonald na cidade, contar com o Troco Premiado em Uberlândia é mais uma forma de ampliar as formas de contribuição da população com a causa. “Para nós é uma alegria ter o Troco Premiado como mais uma alternativa para que a sociedade e as empresas contribuam com a luta contra o câncer. Sempre buscamos trazer melhorias para o atendimento infantojuvenil, como na ampliação da quimioterapia pediátrica, e elas só são possíveis com ações solidárias como o Troco Premiado”, afirma Renato.

Na ocasião o Diretor da Rede de Supermercados D’Ville, Leandro Carrijo, também participou da entrega do cheque e aproveitou junto de alguns de seus colaboradores para visitar e conhecer de perto as instalações do Hospital. ” A visita foi muito proveitosa, só assim podemos sensibiliza-lós e colocar em prática aquela frase “é preciso ver para crer” para então entendermos que o pouco que fazemos já faz a diferença na vida de muitos pacientes”, ressalta ele.

Dados alarmantes:

O câncer é a doença que mais mata crianças e adolescentes de 0 a 19 anos no Brasil. Como causa geral, a patologia só perde para as causas externas, como acidentes. Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) mostram que, para o biênio 2018-2019, serão registrados, para cada ano, 12.600 novos casos de câncer em crianças e adolescentes até 19 anos – mais de uma ocorrência por hora. O INCA também estima que ocorram nesse mesmo período cerca de 1158 novos casos no estado de Minas Gerais. Em 2017, foi realizado o Fórum de Políticas Públicas em Oncologia Pediátrica no qual a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), o Instituto Ronald McDonald e a Confederação Nacional de Instituições de Apoio a Crianças com Câncer (CONIACC) lideraram a discussão sobre como ampliar o acesso das crianças aos hospitais especializados e melhorar do tratamento nesses serviços. A Unidade de Quimioterapia Pediátrica do Hospital do Câncer em Uberlândia é resultado desse planejamento, no qual participaram representantes dos hospitais e das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.

Sobre o Instituto Ronald McDonald

Organização sem fins lucrativos, o Instituto Ronald McDonald (IRM) atua há 19 anos para aproximar famílias da cura do câncer infantojuvenil  e aumentar as chances de cura da doença aos mesmos patamares dos países com alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Para atingir esse objetivo, o Instituto Ronald McDonald trabalha promovendo a estruturação de hospitais especializados, a hospedagem para famílias que residem longe dos hospitais, capacita profissionais de saúde para realizarem o diagnóstico precoce, incentiva a adesão a protocolos clínicos e promove a disseminação de conheci mento sobre a causa. A ONG faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC), presente em mais de 60 países, coordenando os programas globais: Casa Ronald McDonald, voltado para a hospedagem, transporte e alimentação dos pacientes; e o Programa Espaço da Família Ronald McDonald, que torna menos desgastante o dia a dia das famílias durante o tratamento. No Brasil, há ainda outros dois programas locais: Atenção Integral e Diagnóstico Precoce, com ações específicas de combate ao câncer infantojuvenil. O Instituto conta com o apoio de diversas empresas e pessoas físicas para desenvolver e manter seus programas. Saiba mais sobre as fontes de arrecadação, os programas e as instituições beneficiadas em www.institutoronald.org.br.